Rua Onze de Junho,  548 - Bairro Casa Branca - Santo André - SP - (11) 4992-5267 / secretaria@centroeducacionaldimensao.com.br

    Tudo tem seu tempo.


    É comum a preocupação com relação ao tempo certo que uma criança deve começar a ler. Mas, a boa notícia é que não existe um momento ideal. Cada criança tem o seu despertar para a leitura, que deve acontecer de maneira natural e tranquila.

    Aprender a juntar as letrinhas cedo não é sinal de mais inteligência, assim como assimilar tardiamente não significa que a criança tem menos potencial. O importante é respeitar o ritmo e o tempo de cada um. Outra dica é não associar o desinteresse da criança em ler, com a sua capacidade intelectual.

    Existem, no entanto, formas bastante eficazes para estimular o hábito da leitura no convívio familiar que, se bem feitas, serão levadas para toda a vida. Uma das mais importantes é a leitura noturna com histórias adequadas à faixa etária. Levar a criança à biblioteca e em rodas de histórias também são ações interessantes que auxiliam no processo.

    Psicólogos explicam que estes hábitos não ajudam apenas a aguçar a criatividade, estreitam também o laço familiar. O ato de contar histórias também proporciona prazer e relaxamento, funcionando como uma meditação.

    Estes cuidados dos pais não servem para antecipar o aprendizado da criança e não devem ser feitos com este intuito. É apenas uma ferramenta eficaz de apresentar o mundo para ela. E como já mencionado no começo deste artigo, a hora certa quem determina é a criança.

    Quando isso acontecer será como um despertar. Deste momento em diante uma nova fase se iniciará cheia de possibilidades e de encontros com o saber.

    #Alfabetização